"Fala galera! Beleza?

Carol Oliveira do @thegingerjourney aqui...

Depois um mochilão solo pelo Sudeste Asiático e muita andança pelo mundo (35 países), eu aprendi algumas coisas sobre viajar sozinha e vou compartilhar com vocês nesse post!

Espero inspirar vocês a viajarem sozinhos também! É incrível! O post ficou um pouco longo, mas prometo que tem muita informação legal para ajudar vocês:

  • Solidão: Não é tão difícil quanto você imagina! A viagem é fácil e simples, e na verdade você quase nunca estará sozinho. As pessoas parecem que se solidarizam com viajantes solo, então você vai fazer amigos muito antes do que imagina. A solidão com certeza não é algo pra se preocupar!

  • Segurança: É claro que o mundo está cheio de perigos, e isso não é novidade pra ninguém. A questão é, você nunca estará 100% seguro em nenhum lugar do mundo. Mesmo na cidade que você vive, eu tenho certeza que você toma uma série de cuidados para evitar se expor ao perigo desnecessariamente. No exterior é a mesma coisa. MASSS, tem algumas dicas de segurança que eu recomendo:
  1. Evite andar sozinho na rua de noite;
  2. Seja confiante, aja como um local e se misture com as pessoas;
  3. Tente não parecer perdido, não importa aonde você esteja. Eu geralmente vou direto pra alguma lojinha ou supermercado, e lá dentro eu abro o mapa, me localizo e peço informações se necessário;
  4. Preste atenção nas roupas que está utilizando, pois, dependendo da cultura e religião do lugar, você pode estar chamando atenção desnecessariamente, além de ser desrespeitoso(a).
  5. Quando for sair de uma cidade para a outra (ou país), sempre avise alguém aonde você está indo! Isso inclui número do voo/ônibus/trem, acomodação e etc. Aliás, mandar uma mensagem de manhã para a sua família avisando aonde você vai também ajuda, dessa forma, se eles precisarem entrar em contato com você ou se você se perder, eles vão poder ajudar;

  • Faça download de mapas off-line: Mesmo que não tenha sinal, o seu celular ainda vai saber aonde você está. Eu costumo utilizar o Google Maps, que permite que você marque os lugares no mapa, assim, se você pegar um táxi ou algo do tipo, pelo menos você vai saber se ele está te levando para direção/lugar correto. Além disso, se estiver a pé, você pode utilizar os fones de ouvido para falarem a direção, assim você não precisa ficar com a cara enviada no celular e deixar evidente que você é um turista.

  • Passaporte: Tire fotos do seu passaporte e tenha sempre no celular ou impresso, pois se te roubarem ou você perder o passaporte, isso fará com que o processo de tirar um novo passaporte seja muito mais rápido.

  • Dinheiro: Alguns destinos não aceitam cartões de nenhum tipo, então os turistas são praticamente obrigados a andarem com bastante dinheiro em cash. Portanto, não coloque todo o dinheiro no mesmo lugar, divida entre compartimentos da mochila, bolsa, money belt, meia, etc. Assim, se te roubarem você não vai ficar sem dinheiro algum.

  • Saiba dizer NÃO: Você vai ter que aprender a dizer não e ser forte nessa questão. Você não pode ser uma “florzinha delicada” em algumas situações. E se você se sente frágil ou que não está pronto(a) para agir dessa forma, tente buscar maneiras de praticar isso antes de ir viajar. Por exemplo, quando alguém te pedir um favor que você não quer ou não pode fazer, diga não. Isso não quer dizer que você é rude, apenas firme. Atitudes simples como essa no dia a dia vão te ajudar a construir a confiança necessária pra dizer não quando você precisar na sua viagem.

  • Confie no seu instinto: O medo é o seu melhor amigo. Eu sei que pode parecer estranho dizer isso, mas aquela vozinha dentro da sua cabeça pode te ajudar a evitar muita coisa. Confia nela! Preste atenção aos sinais. Às vezes alguma coisa parece não está certa, então é preciso estar ligado no seu entorno o tempo inteiro, afinal, você é a única pessoa ali tomando conta de você. É uma responsabilidade grande, mas no final vale a pena.

  • Cuidado com as bebidas alcoólicas: Desculpe te desapontar, mas você provavelmente terá que reduzir drasticamente o consumo de álcool. A não ser que você tenha conhecido pessoas e sinta que eles são de fato seus amigos. Não precisa ficar sóbrio, mas o importante é que você não perca o auto controle e consiga tomar conta de si. Além disso, é preferível beber bebidas em latas ou garrafas do que cocktails, assim você vê a pessoa abrindo e assegura que ninguém colocou nada ali dentro.

  • Hostels: Pra mim é o melhor tipo de acomodação possível pra quem viaja sozinho, porque você faz amigos instantaneamente. Sério, você vai conhecer as pessoas mais legais do mundo e provavelmente fará amigos para a vida toda. O legal é ficar em quarto compartilhado, mas você também pode pegar um quarto privado (que é mais caro) e aproveitar as áreas comuns do hostel para socializar.

  • Bagagem: Agora que você é um viajante solo, você não confia em mais ninguém para olhar a sua mala enquanto vai no banheiro, ok?! Aonde você for, você leva as suas coisas. O que significa que, quanto menor o peso, mais fácil será a sua vida. Você vai usar as suas roupas repetidamente de qualquer jeito (e ninguém vai reparar), então leve poucas coisas.

Eu amo viajar sozinha! Às vezes as pessoas não conseguem entender isso, mas é uma experiência única e que eu, particularmente, acho que todo mundo deveria experimentar uma vez na vida. O seu itinerário é completamente flexível e você pode fazer o que quiser. Uma das coisas mais engraçadas é sentar num restaurante pra comer sozinha. As pessoas olham de um jeito diferente pra você, mas não é um olhar de dó, é um olhar que faz você se sentir mais confiante, um(a) badass.Se você quiser dormir até tarde, você pode, se quiser acordar super cedo, também pode. Você tem a liberdade de fazer o que você quiser!

A ideia de que ninguém ali te conhece significa que você pode se libertar. É um sentimento incrível, como se você estivesse começando de novo. Você fica com um olhar diferente, então as pessoas também te veem dessa forma. Eu altamente recomendo essa experiência!

Vocês já viajaram sozinhos? Se não, quais são os medos e inseguranças? O que você vai fazer para superar isso e ir viajar?

Um beijo e boas aventuras!

Carol Oliveira

@thegingerjourney"